A luta pela destinação dos resíduos sólidos através de aterro consorciado deve estar chegando ao fim. Uma reunião com todos os prefeitos da Região Metropolitana do Cariri (RMC) e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Fernando Santana, foi realizada no gabinete do Prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, nesta segunda-feira, 25.

O prefeito cratense recebeu todos os gestores e destacou que esse é o momento de impulsionar esse projeto, com a união de todos os Municípios. O Chefe do Executivo ainda afirmou que o Crato é uma das cidades que estará se propondo a receber a usina de resíduos sólidos, que virá para decretar o fim dos lixões.

A reunião contou com a presença de 11 prefeitos, além de vice-prefeitos e secretários municipais. Os debates estiveram em torno da viabilidade do projeto, com o apoio do Governo do Estado, Camilo Santana, com a meta de instalação do aterro para pôr fim aos lixões na região. O consócio foi criado há cerca de 15 anos, mas durante todos esses anos, não houve avanços relacionados à construção de um aterro. Os prefeitos foram unânimes em destacar a necessidade de acabar com os lixões, mas ressaltaram que todos os pontos devem ser debatidos minuciosamente, diante dos aspectos técnicos e burocráticos para que finalmente se possa avançar.

Nova diretoria será eleita nesta terça-feira, 26

Nesta terça-feira, 26, deverá ser escolhido o novo presidente da diretoria do Consórcio, através de videoconferência. Um dos nomes indicados é o do prefeito Zé Ailton. “Os lixões acabam gerando insegurança, problemas na saúde da população, no meio ambiente, reclamações de incêndios, entre outros. Esse é um momento para resolver essa questão, numa reunião histórica, no início de mandatos, e os 10 prefeitos estão nesse mesmo propósito”, afirma.

Além de eleger a nova diretoria, haverá uma explanação do Secretário das Cidades do Ceará, Paulo Lustosa, onde serão expostos dados técnicos referentes a esse aterro sanitário, com a finalidade de debater como vai se tratar a questão das destinações dos recursos, para então seguir nas etapas seguintes, e realizar um cronograma para sair definitivamente do papel.

De acordo com análise técnica, será definido qual o melhor local para depositar os resíduos sólidos, e os municípios serão avaliados. Onde houver melhores condições, a usina de resíduos sólidos será instalada.

O presidente da Assembleia Legislativa falou sobre esse momento com os novos prefeitos e um pouco da realidade relacionada a questão do aterro consorciado. Ele ressaltou a necessidade de se dar a destinação correta para os resíduos sólidos, e, caso os municípios não resolvam o problema nesse momento poderão ter problemas relacionados ao cumprimento da legislação. A recomendação atual é que haja o fim dos lixões.

Posts Relacionados

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

Sistema Fecomércio lança plataforma de streaming com conteúdos próprios

Fecoplay apresenta vídeos de diferentes temáticas como gastronomia, cultura, gestão e shows musicais O consumo de vídeos online está cada vez mais presente no dia a […]

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

Juazeiro do Norte perde Monsenhor José Alves, aos 85 anos

Faleceu na noite deste domingo,10, o monsenhor José Alves de Oliveira. Ele estava internado na UTI do Hospital da Unimed, em Juazeiro do Norte, desde o […]

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

Professor da Estácio realiza o VI Encontro Sobre Saúde Mental no colégio Diocesano

Será realizado nesta quinta-feira, 03, a partir das 19h30, o VI Encontro Sobre Saúde Mental. O evento, coordenado pelo Professor da Estácio, Djailson Ricardo Malheiro, terá […]

Deixe seu Comentário sobre este post