Elvis Pinheiro   Mediador de Cinema

Para quem não sabe, o 06 de junho de 1944 é conhecido como o Dia D, que definiu o início da vitória dos Aliados contra os alemães nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, na Operação Overlord, codinome para a invasão da Normandia, região noroeste da França ocupada.

É neste ponto, exatamente nas primeiras horas da madrugada desta terça-feira histórica, que nos encontramos junto de soldados paraquedistas num dos vários aviões que se aproximavam da área a ser invadida. Sabemos ali da missão do grupo: derrubar a torre de rádio de uma Igreja transformada em fortaleza nazista.

Este é o mote de um filme que merece meu melhor conceito porque acerta no Roteiro (Billy Ray) que conduz com verossimilhança uma história de terror (e não falamos apenas do terror da guerra, muito bem apresentado por sinal), acerta nas ideias de cena do Diretor, Jullius Avery,  e tem um entrosamento de elenco que nos deixa emocionalmente ligados a cada um dos personagens, nos fazendo sentir tudo que lhes acontece abruptamente. Atenção especial ao fotógrafo e ao escritor.

Em filmes de guerra realistas ou não, as pessoas morrem. Em filmes de zumbis algumas voltam, mas o que quero destacar sem spoilers são os seguintes pontos que achei muito bons no filme: 1) os personagens falam seus respectivos idiomas! Se a personagem é francesa, falará francês, se é alemão, alemão falará, se é norte-americana falará inglês e já que é norte-americana só saberá falar francês por causa de uma boa justificativa. 2) umas sequências fotográficas de arrepiar como o plano sequência inicial onde acompanhamos dos ares, às águas e terra um dos paraquedistas, uma cena seguinte onde o desenho que se forma é claramente o de bruxas enforcadas numa floresta e muitas outras com o mesmo poder de sugestão. 3) temos uma homenagem não declarada a Bastardos Inglórios do Tarantino, quando os matadores de maior destaque são uma francesa linda, corajosa e nem um pouco indefesa, um judeu de nome Jacob e um negro! Quem não gostar das minorias vai se decepcionar com esse filme. 4) suspense, ação, lutas e uma mescla de gêneros que vai do terror, ao filme de guerra à ficção científica sem perder a qualidade em nenhum destes momentos.

Gosta de um bom filme que não duvide de sua inteligência, mas ainda te garanta uma boa dosagem de adrenalina? Pode confiar neste que é, também, filme de produtor, J. J. Abrams, mas que por sorte é um criativo que soube confiar nos artistas envolvidos para produzir um filme comercial de alta voltagem, aterrorizante e eletrizante na medida.

Posts Relacionados

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

Mostra Sesc de Culturas 2020 virtual tem mais de 42 mil visualizações e 70 apresentações

Realizada há mais de 20 anos pelo Sistema Fecomércio-CE, por meio do Serviço Social do Comércio, a Mostra Sesc de Culturas encerra a sua 22ª edição […]

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

Solange Almeida, Edmar Gonçalves e Bruna Ene encerram a Mostra Sesc de Culturas

Público pode conferir liveshow no Youtube do Sesc Ceará, dia 08/11, a partir das 20h15   Após sete dias de uma programação cultural intensa, chega o momento […]

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

A magia do circo e das histórias infantis encantam a programação da Mostra Sesc de Culturas Digital

Mantendo a tradição de alcançar todas as gerações, a Mostra Sesc de Culturas 2020 apresenta uma programação especial voltada para o público infantil com espetáculos, narração […]

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

Tradição: Mostra Sesc de Culturas 2020 traz grupos de expressão do Cariri cearense e lança três cordéis

Toda tradição de um povo deve ser valorizada, cultuada e devidamente disseminada. É com essa perspectiva que a Mostra Sesc de Culturas 2020, evento 100% digital […]

Deixe seu Comentário sobre este post