Cardiologista lista cuidados preventivos que podem evitar futuros problemas cardíacos

As doenças no coração estão sempre no topo das pesquisas anuais de principais causas de morte em todo o mundo. Segundo os últimos dados das “Estimativas Globais de Saúde de 2019” da Organização Mundial de Saúde (ONU), publicado em dezembro de 2020, as doenças cardíacas representam 16% do total de mortes por todas as causas.

Preocupada com resultados sempre alarmantes, a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) estabeleceu, em 2007, que o dia 14 de agosto seria marcado pelo Dia do Cardiologista, com a finalidade de lembrar a todos sobre a importância de manter a saúde do coração e valorizar os profissionais que atuam na área.

Para esclarecer e ressaltar cuidados da rotina que são importantes para o cuidado com esse órgão, o médico cardiologista e professor do IDOMED, Pablo Germano de Oliveira, dá várias dicas preventivas sobre o assunto, baseado na atualização da Diretriz de Prevenção Cardiovascular, da Sociedade Brasileira de Cardiologia (2019): “A terapia nutricional, perda de peso e prática de atividade física contribuem para a redução das doenças cardiovasculares”, elenca o docente.

A alimentação é um ponto importante para a saúde do coração. O médico atenta à população sobre a ingestão de produtos industrializados, que se torna cada vez mais comum, substituindo o consumo do clássico arroz e feijão nas refeições e permitindo o risco da obesidade. “Devem ser priorizados os alimentos in natura ou minimamente processados, e é indicado moderar o uso de óleo, sal e açúcar, além de não consumir alimentos ultra processados”, explica. Ele ressalta ainda que com o planejamento das compras e do preparo das refeições é possível evitar a ingestão de fast foods.

Pablo também indica o exercício como um aliado poderoso para quem quer manter a saúde em dia. “A atividade física aeróbica regular auxilia na prevenção e tratamento da hipertensão, reduzindo os riscos de problemas cardiovasculares”, indica o profissional, baseado na recomendação de 2020 da Organização Mundial de Saúde (OMS), que sugere 300 minutos de exercícios semanal, o equivalente a 60 minutos diários que podem ser divididos em 5 dias.

Para completar, o especialista aponta outras boas práticas: evitar o estresse e a ansiedade, seja por questões sociais ou profissionais, além de parar com hábitos prejudiciais como o tabagismo e o consumo de bebidas alcoólicas, que são agravantes para a manutenção da saúde do coração.

Sobre o IDOMED

O IDOMED é um grupo que reúne 14 escolas médicas e consolida a tradição de mais de 20 anos de experiência nesse segmento acadêmico. Estamos presentes em todas as regiões do país, com mais de seis mil alunos e foco em excelência no ensino, aprendizado prático, tecnologia aplicada e conexão com a carreira médica.
O grupo oferece programas de graduação, pós, especialização, residência médica e cursos de atualização. Está entre os líderes na incorporação de tecnologia educacional voltada à formação em Medicina.

Posts Relacionados

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

Pandemia agravou depressão na gravidez e pós-parto

Medos de contaminação por coronavírus, desemprego e isolamento social tem agravado casos de depressão pós-parto e afetado a saúde mental de gestantes, explica especialista A chegada […]

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

Aprovado Curso de Medicina da URCA (MedUrca) pelo Conselho Estadual de Educação

O Curso de Medicina da Universidade Regional do Cariri (MedURCA), foi aprovado nesta quarta-feira, 14, pelo Conselho Estadual de Educação. O sonho de várias décadas se […]

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

Crato se prepara para vacinar profissionais da Educação

Na última sexta-feira, 28, a reunião da Comissão Intergestores Bipartite do Ceará (CIB/CE) definiu como se dará a vacinação dos profissionais de Educação dos municípios, tanto […]

March 12, 2014
home_lifestyle_blog_hot_1

Diabetes: especialista alerta para perigo da doença silenciosa

Calcula-se que, 9,3% dos adultos, entre 20 e 79 anos, vivam com diabetes Muitos brasileiros, ainda não entendem claramente o que é Diabetes, é uma doença […]

Deixe seu Comentário sobre este post